Treino funcional: o que é, benefícios e tipos de exercícios

O treino funcional ganha cada vez mais adeptos porque traz resultados eficientes para emagrecer e definir os músculos. Além do mais, o treinamento funcional é bem dinâmico, sendo uma atividade física excelente para quem não gosta do tradicional combo musculação e caminhada. Afinal, pode ser um pouco entediante para muitas pessoas que não tem tanto interesse. Mas, estes não são os únicos benefícios do funcional para o corpo. O treino melhora da postura e evita lesões. Neste artigo você vai entender melhor o que é o treinamento funcional, para que serve, além de ver exemplos de exercícios funcionais para fazer em casa. 

E ainda, vai entender que não se trata de um treino exclusivo para emagrecer e/ou ganhar massa magra. Isto é, não é apenas voltado ao universo fitness, já que existem diversas vantagens do treino funcional para futebol e outros esportes. Além do mais, é um excelente exercício para idosos. Por trabalhar vários grupos musculares ao mesmo tempo, com o objetivo de desenvolver  coordenação motora, força, equilíbrio e flexibilidade contribui para diversos casos. Quem tá começando a se mexer também pode praticar, já que o treino funcional para iniciantes é seguro e traz resultados motivadores. Abaixo você terá algumas ideias de treinamento funcional para criar o seu próprio circuito com exercícios funcionais, ou ainda poderá frequentar aulas funcionais online ou em estúdios. Confira tudo a respeito neste artigo abaixo. 

Treinamento funcional: o que é?

O que é treinamento funcional, afinal? Em linhas gerais, o treinamento funcional é baseado em exercícios psicomotores que utilizem movimentos padrões do humano. São ações essenciais para vida cotidiana como pegar, agachar, pular, empurrar, puxar, girar, lançar, rolar, e até escalar ou rastejar. Não apenas, o treino funcional fortalece o core, que é a região central do corpo. É onde a força se concentra e inclui quadril, lombar e abdômen. Assim, a coluna é estabilizada e o resultado é a barriga definida. 

Contudo, o maior foco do funcional é ser um treino completo. Sendo assim, trabalha o seu corpo de forma que possa exercitar posições reais do cotidiano. Com isso, os ganhos são visíveis, pois você melhora a forma de mover o seu corpo e utiliza estes aprendizados diariamente. Então, há melhora de diversos aspectos motores e posturais, obtendo assim, mais qualidade de vida, saúde e bem-estar. Logo, como efeito colateral pode receber alguns benefícios extras, já que treino o funcional emagrece e define os músculos. Mas, isto é apenas a cereja do bolo. 

Durante toda a execução dos exercícios funcionais, é importante que toda a musculatura esteja bem ativada. Com isso, o corpo fica firme e equilibrado, evitando oscilações quando estiver executando o movimento. Portanto, ganha-se mais estabilidade, principalmente pela contração da barriga e alinhamento do quadril, mantendo-o encaixado e no lugar. A posição de pés, tornozelos, cotovelos e joelhos também é super importante. Desta forma, protege articulações e pode trabalhar de maneira mais efetiva todo o corpo. Esta simples ação de estar consciente e com todos os músculos ativados faz uma grande diferença nos resultados porque você não está fazendo um exercício de forma errada como acontece bastante durante a musculação. Por isso, o funcional é focado em movimentos amplos, completos, bem executados, postura correta e musculatura ativada. 

Benefícios do treino funcional

O principal benefício do treino funcional é a segurança da execução, quando é orientado por profissional especializado, é claro. Assim, você evita que os quadris saiam do lugar, ou outras partes do corpo estejam desalinhadas. Isto é, pode potencializar ao máximo os músculos alvos, já que evita erros que comprometem o exercício.

Outro ponto positivo do treinamento funcional é trabalhar exercícios que usam o corpo todo, de forma conjunta. Com isso, evita a sobrecarga em um ponto específico ou articulação, pois fortalece de maneira uniforme, sem exercitar além da conta alguma região. Até por este motivo, em geral, não tem contraindicações. Inclusive, o treinamento funcional é usado como aquecimento e preparação física de atletas, além de ajudar em reabilitação de lesões. 

Contudo, é claro que não precisa dispensar o exame médico antes de começar a atividade física. Sendo assim, entenda se você possui alguma limitação física para repassar ao seu educador físico. Desta forma, em casos de lesões irá adaptar seu treino funcional e não vai se machucar ainda mais ao realizar movimentos que possuem contraindicação. Como qualquer outro treino, funcional também precisa de orientação de um profissional para ser personalizado. 

Por fim, segue um resumo de todos os benefícios do treino funcional: 

  • emagrece
  • define o corpo
  • aumenta o volume de massa magra – músculos
  • melhora a postura
  • tem menor impacto para as articulações e ligamentos 
  • protege a coluna vertebral
  • exercita a coordenação motora e o equilíbrio
  • traz mais flexibilidade e alongamento
  • melhora a capacidade cardiorespiratória
  • oxigena melhor todos os órgãos 
  • promove boa circulação nos membros inferiores
Exercícios funcionais

Exercícios funcionais 

Os exercícios funcionais trabalham vários grupos musculares ao mesmo tempo, sendo assim, são exercícios completos. Com o intuito de aprimorar a força, assim como equilíbrio, coordenação motora e flexibilidade. O objetivo do treinamento funcional é trabalhar o seu organismo de maneira completa. Assim, tornará capaz de fazer as ações cotidianas de forma mais ágil e equilibrada, em posições reais.

Enquanto na musculação o foco é uma determinada parte, ou até um músculo específico como abdominal, tríceps, quadríceps, perna, posterior da coxa, costas, o treino funcional é completo. A ideia é fazer repetições que treinem diversos locais na mesma sessão. Vale ressaltar que por conta do treinamento funcional prezar pela execução correta, o seu corpo vai executar diversas tarefas com mais facilidade. A ideia principal é treinar de tudo um pouco, para manter o equilíbrio corporal. Não focar em resultado para determinado grupo, o que pode gerar algum desequilíbrio. 

Por exemplo, se você treinar mais quadríceps, porque acha bonito ter o músculo da coxa saltado, e falhar no treino de posterior da coxa, pode ter problemas de alinhamento e prejudicar o joelho. É preciso trabalhar os músculos de forma conjunta, para que possam crescer de forma harmônica. De começo, pode parecer não está evoluindo no treino funcional, no que diz respeito a carga ou aumento de velocidade, repetições. Porém, o que importa é executar corretamente o exercício para não se machucar. Até porque, se estiver pegando mais peso, mas estiver levantando tudo errado, não irá ativar o músculo certo. Portanto, lembre-se que não importa fazer mais vezes ou aumentar sua carga de peso, e sim, fazer certo. Assim, você não se prejudica em ações do dia a dia, com dores nas costas e articulações, e até melhora. 

Treinamento funcional ou musculação?

O que é melhor: treinamento funcional ou musculação? Não importa se quer definir, emagrecer ou ganhar condicionamento físico para corrida. Uma dica é certa, não adianta fazer mais repetições de forma toda errada ou levantar muito peso e prejudicar sua coluna por estar carregando em uma posição ruim. Simplesmente, você não terá bons resultados, seja qual for seu objetivo. 

Por isso, a ideia do treinamento funcional é justamente harmonizar todas partes da engrenagem. No entanto, isto não significa que a musculação seja prejudicial ou acentue desequilíbrios. O grande problema é que muitas vezes, a modalidade não é executada de forma correta e com atenção devida. Sendo assim, como o objetivo principal do funcional é, ou deveria ser, o alinhamento correto do corpo, as chances deste cenário ocorrer é menor. 

É um tipo de treino que melhora a sua qualidade de vida, já que melhora a maneira de se mover no dia a dia. 

Para concluir, o treinamento funcional não é melhor do que a musculação, e vice-versa. O ideal é que você execute o treino da maneira correta e com frequência e motivação. Portanto, somente você pode decidir se o melhor é funcional ou musculação. Outra ideia é praticar ambos, ao mesmo tempo, assim, poderá evoluir no levantamento de peso, de maneira certa. Você pode fazer aulas de funcional, às vezes. Uma ou duas vezes na semana, por exemplo, somente para obter melhoras para executar os movimentos. Enquanto isso, no restante dos dias, poderá continuar praticando musculação.  

O que é circuito funcional

Aula funcional: ao ar livre ou online

A aula funcional está disponível em diversos estudos especializados, vídeos on-line, ou ainda pode contratar um Personal Trainer para isto. Assim, pode treinar funcional ao ar livre, ou da maneira e no local que achar melhor. São muitas opções. A aula funcional poderá substituir a musculação e o aeróbico, ou somar à sua rotina de atividade física. Tudo vai depender dos seus objetivos, sua rotina e disponibilidade e seus gostos. Sendo assim, você pode escolher fazer algumas vezes na semana treinamento funcional, em outras musculação e aeróbico. 

Desta forma, os benefícios do funcional para a saúde e para o corpo vão auxiliar na boa execução da musculação, como dito acima. Isto é, frequentar aulas de funcional frequentemente vão aumentar sua velocidade e agilidade para se movimentar, bem como a potência e a resistência. Além de tudo isso, é um treino que exercita a flexibilidade. Ou seja, isto significa que é um tipo de atividade que faz com que todas as capacidades físicas inerentes ao ser humano sejam praticadas.  

Circuito funcional: o que é?

Um jeito prático de montar seu treino é o circuito funcional, que nada mais é do que uma sequência de exercícios funcionais executados em um percurso. É um pouco diferente da aula, já que pode ser realizado quando você quiser, inclusive no meio de um treino de musculação. Sendo assim, o seu professor pode inserir um circuito funcional no seu planejamento de exercícios físicos escolhendo a melhor maneira para você. 

Por ser motivador e bem dinâmico, o treino em circuito usando exercícios funcionais faz com sejam executados rapidamente com maior velocidade que conseguir. Com o intuito de tornar o treino mais aeróbico e divertido, o objetivo do circuito funcional é executá-lo rapidamente. Assim, pode conseguir suar mais e aprimorar o físico de forma intensa. Porém, isto deve acontecer somente após ter feito funcional para iniciantes e estar sabendo executar as posturas corretamente. Até porque, se você estiver focado em se movimentar rápido, não vai conseguir pensar no alinhamento correto do corpo. Então, precisa já ter esta consciência corporal. 

Treinamento funcional

Treino funcional emagrece?

O treino funcional emagrece, pois pode queimar até 800 calorias por aula.Contudo, isto não é só. Afinal, contagem de calorias não é tudo nessa vida. Por ser uma aula super dinâmica, com diversos exercícios intercalados, quase não há tempo de pausa. Sendo assim, o treino funcional alterna entre movimentos mais cansativos para determinados músculos. Logo, já está fazendo outro exercício, sendo um descanso ativo. 

Desta forma, possui momentos aeróbicos com momentos anaeróbicos. Por este motivo, também é interessante para emagrecer. Isto porque além da energia que é gasta durante a própria atividade, o treino funcional mantém o organismo precisando de mais combustível para se manter por um período após a prática. E ainda, ao fortalecer os músculos, o treinamento funcional faz com que haja o aumento de massa magra. Com isto, o tecido de massa muscular gasta mais energia para se manter, o que ajuda a emagrecer. 

Treinamento funcional para idosos

O treinamento funcional para idosos é indicado para melhorar o equilíbrio, força muscular, propriocepção e coordenação motora. Sendo assim, além de exercitar o sistema motor, os exercícios favorecem a consciência corporal e estabilizam a coluna vertebral. Além disso, pode fortalecer os músculos, o que evita perda de massa magra, natural da idade. 

Por fim, dá para entender que o treino funcional para idosos possui tantas vantagens quanto para atletas. Independente do objetivo, este exercício traz diversos benefícios na capacidade física que trazem melhorias para a qualidade de vida. Lembrando que o treino funcional é focado em exercícios básicos, o que contribui bastante as ações do dia a dia de idosos. Assim, evita problemas e contribui para viver melhor e sem limitações. 

Benefícios do treinamento funcional

Treinamento funcional para ganhar massa muscular

É possível usar o treinamento funcional para ganhar massa muscular, já que a atividade promove o ganho de massa magra e o fortalecimento da mesma. Com todas as vantagens do treino funcional perante à execução dos movimentos e estabilização da coluna vertebral, o treinamento funcional pode ser indicado inclusive para ser adicionado ao treino de musculação. Isto é, se o seu objetivo for ganhar muito volume muscular, como é o caso dos bodybuilders e fisiculturistas, o funcional pode não ser suficiente. Sendo assim, pode ser combinado ao levantamento de peso na academia. 

De qualquer forma, se este não for o seu objetivo, é possível ganhar músculos com treino funcional. A grande vantagem é que o treinamento trabalha movimentos completos, beneficiando todo o sistema motor. Sendo assim, não é um treino focado em apenas um músculo e possui maiores resultados para saúde em geral do organismo. É bem interessante incluir o treinamento funcional para ganhar massa muscular, pois irá aprender a executar de forma correta, obtendo melhores resultados em qualquer momento que irá se exercitar na vida.   

Treino funcional para futebol

O treino funcional para futebol é outra realidade diante de tantos benefícios deste tipo de exercício. Por conta do aprimoramento físico, ganho de agilidade, propriocepção, velocidade e potência que o treinamento oferece, também traz grandes vantagens para preparação física de atletas. Não apenas jogadores de futebol, modalidade esportiva que exerce bastante as habilidades físicas citadas acima. Mas, o treino funcional pode ser extrapolado para vários outros tipos de esporte, já que diversos atletas utilizam funcional na sua rotina. Só para ilustrar, o velocista multicampeão Usain Bolt fez uso do funcional como aquecimento do seu treino.   

Treino funcional para iniciantes

O treino funcional para iniciantes é um exercício excelente para começar. Embora seja bem cansativo e necessite de condicionamento físico, isto é uma questão de prática. Contudo, o treinamento funcional é bom para iniciantes porque trabalha movimentos por completo e não apenas músculos focados. Com isto, ocorre uma melhora geral das habilidades motoras, da execução dos movimentos e da eficiência dos mesmos. Até mesmo a simetria do seu corpo pode ser aprimorada com este tipo de treino. Por este motivo, o treino funcional é recomendado até se você estiver passando por um processo de reabilitação para se recuperar de uma lesão.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo