História do Basquete, regras, NBA, aprenda tudo em 5 passos

Você sabe a história do basquete, regras do esporte? Quer saber mais sobre o assunto, NBA e muito mais do basquetebol? Este artigo foi feito para você. Não importa se você quer iniciar na prática do jogo, se informar para assistir partidas da liga norte americana ou de basquete no Brasil. Dá só uma olhada sobre o que vamos falar neste texto sobre basquete: 

Para começar então vamos ao primeiro dos tópicos, história do basquetebol, você sabe quem criou o esporte? 

História do basquete

A história do basquete começa em 1891, quando o professor de educação física James Naismith (1861-1940), cria o esporte, nos EUA. A ideia era ter uma alternativa de jogo, prática esportiva que pudesse ser indoor, para os dias de inverno. Já que era praticamente impossível praticar beisebol ou futebol americano nos dias de frio mais rigorosos. 

Somado a isso, o professor também queria um esporte que estimulasse a coletividade e não fosse violento como o futebol americano. Assim nasceu o Basketball. 

Basquete em inglês

O basquetebol, carinhosamente apelidado de basquete, vem do nome em inglês basketball, onde basket quer dizer cesto e ball, bola. Logo bola ao cesto, como o esporte foi conhecido por aqui no princípio, até virar basquetebol. 

O primeiro jogo de basquete foi disputado em 1892, com uma platéia estimada de 200 pessoas. Em 1896 tivemos o primeiro jogo feminino, embora estima se que desde 1892 o esporte seja praticado pelas mulheres.

Logo o basquete (1896) virou um jogo olímpico, sendo uma das modalidades olímpicas mais populares até hoje. Sua inclusão na educação física ao redor do mundo também ajudou a disseminação e popularização do esporte. 

Basquete regras

Para começar a entender as regras do basquete, vamos entender o objetivo do jogo. Cada time de 5 jogadores deve acertar a bola no cesto rival. Cada cesta fica em uma extremidade da quadra que tem 28 metros de comprimento (15 de largura) a um altura de 3,05 metros. Enquanto uma equipe ataca a outra defende, no final ganha quem mais vezes colocar a bola na cesta do adversário. Não existe empate no basquete. 

basquete regras
Basketball Court and Shadows

Para cumprir este objetivo anteriormente citado, as equipes têm 4 períodos de 10 minutos cada, onde pode fazer substituições livremente. Entre os períodos existe um pequeno intervalo e no meio deles uma pausa maior. Em caso de empate, as equipes disputam uma ou mais prorrogações, tempo extra, até que haja um vencedor. 

Vale lembrar que o local, a distância do arremesso podem mudar o valor da pontuação. Bolas arremessadas do garrafão, uma espécie de área do basquete que tem 6,25m, valem 2 pontos. De fora deste perímetro valem 3 pontos. Quanto mais longe, mais difícil, por isso a variância. 

basquete quadra

Ainda existem os lances livres, os penaltis do esporte, cobrados do meio do garrafão após uma falta, eles valem um ponto. Vale lembrar que o jogador arremessa sozinho, sem interferência externa. 

Durante uma posse de bola cada equipe tem 24 segundos para tentar o arremesso, estourando esse tempo, a posse de bola muda de time. O que faz com que o jogo se torne bem dinâmico. Além disso um jogador não pode ficar mais de 5 segundos sem quicar a bola, dar mais de 2 passos segurando ela ou 3 ao todo enquanto esta em sua posse. O que estimula o dinamismo anteriormente citado e o coletivo. São 8 segundos para o time passar ao campo de ataque, uma vez nele é falta se voltar ao campo de defesa com a bola na mesma posse. 

Faltas no basquete

No tópico acima você já entendeu um pouco das regras e viu algumas faltas do basquete, então vamos a principal delas. Não é permitido encostar nos braços ou mão de quem está com a bola. Óbvio que agressões também não são toleradas. Caso um jogador cometa mais de 5 faltas em um mesmo jogo, ele será excluído da partida, entrando outro em seu lugar. 

A gravidade, local, momento, número de infrações do time, fazem com que a punição possa ser uma posse de bola, lance livre ou até mesmo ponto para o outro time. Lembrando também que não pode ser feito o bloqueio, chamado de toco, quando a bola estiver descendo. 

Em síntese, essas são as principais regras do esporte. Agora vamos falar um pouco mais das posições e fundamentos do esporte. Começando pelos jogadores. 

Jogadores no basquete: posições

Como dito anteriormente, são 5 jogadores em cada lado da quadra com um máximo de mais 7 atletas no banco. As posições do basquete são: 

  • Pivô: joga mais centralizado, dentro do garrafão, onde tenta marcar pontos e pegar rebotes
  • alas: cada equipe costuma ter dois alas, um por cada lado do campo, fazem o jogo fluir pela lateral, costuma ser opções para bolas de três ou infiltrações
  • armadores: também é normal com que sejam dois entre os 5 jogadores. São quem pensam o jogo, coordenam a equipe, ficam mais com a bola, distribuem a posse, dão os passes. Boa chegada no garrafão (infiltração), precisão nos arremessos, assistências, são bons diferenciais para a posição. 

Curiosidades do basquete

Algumas curiosidades sobre o esporte, antes de falar dos fundamentos: 

  • As cestas eram fechadas e tinham que retirar a bola de dentro dela nos primeiros anos da prática. Não existia tabela, ela foi introduzida anos depois.
  • Também nos primeiros anos de basquete, a bola utilizada era uma muito semelhante a de futebol, só depois que virou o que é hoje. 
  • Os arremessos de três pontos foram incorporados ao jogo somente em 1979

Fundamentos do basquete

Os fundamentos do basquete de uma maneira geral são dividido entre ataque e defesa. De um jeito simplista podemos dizer que são os de ataque são: 

  • passe de bola
  • condução
  • bater a bola 
  • arremesso
  • drible / finta
  • posicionamento
Basketball Match

Já os fundamentos da defesa são: 

  • roubo de bola
  • bloqueio
  • posicionamento

Lembrando que isso é uma visão simplista como dito anteriormente. Sendo que em cada item, como passe de bola por exemplo, existem diversos maneiras e tipos.O passe pode ser  curto, longo, quicado, por cima, por exemplo. Além do que o dinamismo do esporte costuma trazer diversas mudanças no jogo e seus fundamentos. 

Espero que até aqui você já tenha entendido a história do basquete, regras (pelo menos as principais), fundamentos e dinâmica. Hora então de falar de NBA, a liga norte americana de basquete. 

NBA

NBA ou National Basketball Association ( associação nacional de basquetebol), é a entidade que rege e dá nome ao principal campeonato do mundo. A liga norte americana está entre os jogos de maior audiência, com adeptos em toda parte do mundo. Sendo o basquete o principal esporte em vários lugares do mundo e segundo em outros tantos, vide o caso do basquete no Brasil, que falaremos mais adiante.

Além do contato físico, que é um pouco mais permitido na NBA, existem algumas outras diferenças entre a liga e FIBA, Federação Internacional do esporte. Entre elas estão: 

  • quadras maiores: Na NBA às quadras são ligeiramente maiores e mais largas
  • distância maior de arremessos: com o garrafão maior, a distância para arremessos de longe e de do lance livre também são maiores
  • mais tempo: na NBA são 12 por período e não 10 como em competições da FIBA

Mas nada que dificulte muito ou mude o entendimento, aliás a versatilidade da prática faz com que ele seja adaptado aos mais diversos lugares e números de jogador. Tendo inclusive uma variedade bem popular que falaremos mais à frente o basquete 3 x 3. 

Voltando a NBA, a liga surgiu em 1949, fruto de uma fusão entre a BAA (Associação da América de Basquete) e NBL (Liga Nacional de basquete). Como a BAA tinha sua liga desde 1946, a NBA considera este o ano de seu primeiro campeonato. 

Atualmente na NBA são 30 franquias, 29 delas de todos os lugares dos EUA e uma do Canadá. As franquias são divididas em duas conferências: leste e oeste, durante a temporada regular fazem jogos entre si (82 partidas) Os 8 melhores times de cada conferência seguem na disputa.

Depois da temporada regular é hora dos playoffs da NBA, agora sim dividido entre as conferências. Os 8 melhores, como dito anteriormente, jogam séries melhores de 7 partidas (quem ganhar 4 avança). Isso acontece até que sobre apenas um. Os dois melhores (leste e oeste) se enfrentam em mais uma série melhor de 7 partidas, as finais da NBA. O maior campeão são os Boston Celtics com 17 títulos. 

A inclusão dos arremessos de três pontos (1979), surgimento da hegemonia do Boston Celtics, jogadores como Larry Bird e Magic Johnson. Bem como o crescimento na prática e transmissões de TV dos jogos, são alguns dos principais fatores apontados para o sucesso da NBA, do esporte nos EUA, no Brasil e no mundo. Para saber mais sobre a NBA veja o site oficial da entidade.

Basquete no Brasil

O basquete no Brasil tem data de 1896, quando foi trazido por Augusto Louis, professor norte americano, para o Mackenzie. Não demorou para que o esporte você adotado em clubes, universidades, colégios, entre outros. Sendo sua prática amplamente difundida, bem como jogos e competições. Em 1919 aconteceu o primeiro campeonato nacional de clubes no Brasil. Já em 1922 foi convocada pela primeira vez a Seleção Brasileira da modalidade, que inclusive venceu o torneio que participou. 

Os feitos do Brasil no esporte, ajudaram na popularização do esporte por aqui, entre eles os que merecem maior destaque estão

  • título mundial de basquete masculino 1959 e 1963, feminino 1994
  • bronze olímpico masculino(1948, 1960 e 1964), feminino (2000)
  • prata olímpica feminina 1996
  • Título Pan-americano masculino 1987, feminino 1991

O sucesso no âmbito internacional e associação a ídolos como Oscar e Hortência, só para ficar em nomes mais populares, foram combustível para o esporte seguir popular. Além disso a presença de brasileiros na NBA também ajudou nesse processo, mais recentemente.  Entre alguns nomes podemos destacar Alex Garcia, Leandrinho, Anderson Varejão, Nene Hilário, Thiago Splitter, sendo que muitos deles foram campeões da NBA, inclusive.

Embora não se exista tanto apoio, patrocínio, etc, como o futebol, o esporte ainda é muito popular por aqui. Sendo considerado por muitos o segundo esporte do Brasil. Atualmente (desde 2009) a NBB (Novo Basquete Brasil), rege as competições nacionais. Alguns clubes de futebol tem equipes da modalidade. O mais comum entretanto são clubes recreativos e faculdades e universidades, além da parceria entre cidade-empresa que acontecem em diversos lugares por aqui. 

Vale lembrar que o esporte ainda faz parte da grade curricular da educação física no Brasil. Isso faz com que muitos tenham algum contato com o esporte desde cedo. 

Basquete de rua

O basquete de rua, ou street basketball em inglês, remete a prática do esporte neste local. São característicos ao basquete de rua alguma variações das regras, bem como número de jogadores. A vertente mais popular remete ao basquete 3 x 3, já citado anteriormente neste artigo. 

basquete de rua

É comum no basquete de rua manobras, acrobacias, dribles, até por isso existem mudanças no tempo de bola também.Nele são muito valorizadas criatividade e habilidade dos jogadores.

Muito embora tenha surgido do basquete, justamente por sua facilidade de adaptaçãos aos diversos lugares, números de jogadores e etc. Se engana quem pensa em algo desorganizado, existem campeonatos mundiais de street ou basquete de rua. Sendo que a modalidade pode até aparecer nas olimpíadas. 

A dificuldade de alguns em encontrar um local adequado para a prática do basquete fez com que surgisse esse palco e vertente. Lembrando que o basquete de rua, praticado de maneira livre neste local, permite mudar os números de participante, bem como escolher às regras. São facilidades que fazem com que o esporte siga se perpetuando e sendo popular. Este problema existe até hoje, o que dá muita força para o basquete de rua. No Brasil já são muito comuns a prática e até campeonatos. 

Este foi o artigo do primeiro treino sobre história do basquete, regras e NBA, deixe seu comentário e indique para os amigos. Em caso de dúvidas mande sua pergunta para gente. Veja mais textos do nosso blog, abaixo duas sugestões para você. Com esse texto você com certeza já está pronto para começar na prática do esporte ou assistir partidas e jogos da modalidade. Faltou alguma coisa, conta para gente.

Dieta e treino: 10 dicas de alimentação para musculação e esportes

Bicarbonato de sódio como suplemento esportivo: como tomar?

Compartilhar é se importar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo